Estou a Aprender Braille

Estou a aprender Braille. Quero voltar a programar de uma forma confortável e, como usava a visão, decidi aprender Braille. Após alguma insistência consegui um alfabeto Braille, onde as letras normais têm o correspondente em Braille. A Sofia passou com uma caneta nas letras normais, carregando,  de forma que as letras normais também ficassem perceptíveis com o tacto. Ou seja, sozinho consigo estudar o alfabeto e os números de 0 a 9.

 

Fiz progressos e aprendi o alfabeto, estando em ânsias  para tentar ler coisas, para além de A, B, C, etc.

 

Braille: http://www.bengalalegal.com/sbraille

 

A vizinhança tem o hábito de oferecer postais de Natal, metendo-os na ranhura do correio, e o Lupi vai-me buscar o correio, assim que ele entra porta adentro. Hoje de manhã, estava a fazer coisas no computador, e alguém meteu um envelope na ranhura da porta. O Lupi veio pronta e alegremente entregar-mo – outro dia trouxe-me um caixote tão grande e pesado que nem sei como não partiu um dente!

 

Era um postal de Natal de um vizinho.

 

Achei um piadão, porque  o envelope tinha Braille! Infelizmente a minha sensibilidade ainda não está apurada o suficiente, pelo que tudo o que seja Braille não impresso no papel mais adequado, custa-me a percepcionar. Liguei para um voluntário para me ajudar a ver o cartão – há uma aplicação móvel para ligar para voluntários para ajudar a ver:  https://www.bemyeyes.com/

 

Quando abri o envelope, reparei que o próprio cartão também tinha Braille. O voluntário, que era uma senhora brasileira que mora em Londres, segundo me contou, e ficou louca de contente por ajudar. Descreveu-me um cãozinho castanho e leu a mensagem que lá estava dentro. Achei muito fofo a preocupação dos vizinhos em arranjar uma coisa em Braille, vizinhos que eu nem sei quem são – é normal as pessoas acharem que eu sei Braille.

 

Durante o dia, volta-e-meia, peguei no cartão, para tentar decifrar o que lá estava escrito, sem sucesso. O papel é muito Suave. Percebi que o primeiro caracter era o indicador de números, pontos 3, 4, 5 e 6 – uma célula Braille tem 6 pontos, cada um com um número que o identifica. Foi tudo o que consegui entender, das vezes todas que peguei no envelope.

 

À hora de almoço, contei à Sofia o que os vizinhos tinham feito. É reconfortante saber que há gente capaz destes mimos aqui, perto de nós.

 

No final do dia, quando a Sofia chegou casa, estava naturalmente entusiasmado para saber o que estava escrito em Braille, tanto no envelope como no cartão.

 

A Sofia rapidamente me descodificou o “Braille”:

 

Envelope: letras normais mas em relevo a dizer Marks & Spencer;

Cartão: Eram floquinhos de neve feitos com brilhantes…

 

Vou continuar a praticar.

Eu a segurar o cartão e o envelopeFoto de pormenor onde se vê a minha mão a segurar o cartão e o envelope.

1 thought on “Estou a Aprender Braille

Comente aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.