Disarm e crosscheck

A estada em Portugal teve uma ida particular – foi ótimo estar com amigos e família. Parecia que o universo dizia “olha a tua saúde. Tratam tão bem de ti aí”.

Como estou um bocado escaldado com problemas em aeroportos, chateei a Sofia para ir absurdamente cedo – se não tivesse sido assim as coisas tinham corrido mal, de certeza! Depois de estar um ror de tempo na zona da assistência lá fomos para o check-in. Chegados lá, tudo impecavelmente ágil. Fomos prontamente avisados que o voo ia sair atrasado, devido a um problema de técnico… diz que o avião tinha saído de Lisboa e voltado para trás – o quê?! – e deram-nos um vale de alimentação – na verdade foram dois, um para mim e outro para a Sofia – no valor de sete libras – cada um. Fiquei a pensar que raio iria fazer com tal montante – será que iria enfartar com tanta comida que ia ter que meter para dentro?

Depois de nos levarem para a zona da assistência que existe depois do controlo de segurança, e de algumas chamadas a avisar os pais da Sofia – que nos iam buscar ao aeroporto Humberto Delgado -, a tentar demovê-los de nos ir buscar que “ficávamos em Lisboa a passar a noite”, sem sucesso, fomos tratar de gastar a fortuna que nos tinham dado, no BurgerKing, pagando o remanescente, claro.

Depois de uma faustosa refeição, continuámos à espera, e à espera, e à espera, com o tempo indicado para a saída do voo a ficar cada vez mais, e mais, e mais, e mais tarde. Entretanto, sabíamos que o avião vinha a caminho – ótimo!

Entretanto, a Sofia já tinha tirado a fatiota do Lupi, e alterado a sua função para “caminha” – o cãozinho sofre com o frio, que até treme, pobre animal.

Passadas horas o avião lá chegou.

Antes de ir para a porta de embarque quis ir à casa de banho. Foi incrível, a casa de banho para deficientes que está depois do controlo de segurança é fantástica. Materiais impecáveis e, para meu espanto, áudio-descrição – sim, numa casa de banho! Resulta bem, pelo menos comigo. A casa de banho era mesmo impecável, muito futurista e limpa – estravagância. Parecia feita por extraterrestres de rabo gigante – ia caindo para dentro da sanita.

Atenção. O vídeo acaba com um som muito alto, feito por um secador de mãos.

Brinquei com o assistente perguntando se “já tinham aparafusado a asa” – Sofia: “não sejas estúpido” – ao que o assistente retorquiu: “Asa? Qual asa?”. Chegados ao portão de embarque, onde estavam a sair os passageiros chegados de Lisboa, a Sofia perguntou ao responsável pelo embarque se estava tudo bem, questão prontamente respondida, que sim, que “todos os passageiros vindos de Lisboa tinham chegado bem”.

Ao entrar no avião, voltei a brincar com um comissário de bordo – hospedeira, hospedeiro, ou lá como se diz– adoro-vos, são sempre muito simpáticos e dão-me mais comida e vinho -, perguntando se “já tinham aparafusado a asa”. Acho que não fui muito sensível…

Passado bastante tempo, o comandante disse ao microfone que pedia desculpa porque “havia um problema de manutenção com um parafuso desapertado numa asa, já resolvido. Podemos então prosseguir a nossa viagem para Lisboa em segurança.” – o quê?!

Passado mais algum tempo de espera parados na “placa”, a Sofia disse que já tinha pensado sair do avião várias vezes. Ainda estava a prenunciar a palavra “vezes” e “olha… está a andar.”.

O voo foi fantástico, suave desde a descolagem até a aterragem – obrigado à tripulação por serem tão simpáticos e terem-me dado mais comida e bebida.

Já em Lisboa, muito tarde, ao sair do avião, de acordo com a Sofia, estavam uns senhores com um escadote, lanterna a apontar para uma zona da asa, uma mala de ferramentas e uma chave a fazer alguma coisa na asa.

P.S.

A aviação tem padrões de qualidade incríveis. Um avião moderno, mesmo com alguma questão de manutenção, consegue transportar-nos em segurança. Esta viagem serviu para constatar isso mesmo.

P.S.2

Olá Bravo e Rita. Estou a escrever isto no portátil que me ajudaram a configurar, sentados à conversa, na SweetSpot Leiria.

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s