Manchester: Correu bem

Fui a Manchester! Sem esperar pelo resultado do meu processo, a Sofia pegou em mim e no Lupi e fomos a Manchester. Correu bem! Há, de facto, diferenças. A experiência conta muito, talvez mais que a técnica. É uma pena que o Estado não pegue nas doenças mais raras e envie os doentes a centros especializados, mesmo que fora de portas, e de uma forma natural e automática. Toda a gente ia ficar a ganhar! Cá também se podem especializar em muitas coisas, mas, replicar trabalho… A saúde é uma coisa séria de mais. E, é minha convicção que, mesmo monetariamente, seria vantajoso para o Estado.

 

Mas, entretanto, menos de uma semana volvida da minha consulta em Manchester, a minha dedicada e laboriosa neurocirurgiã, a Dr.ª Carla Domingos, informou-me que o processo tinha sido aprovado! Sim, o Estado consentiu em arcar com os custos monetários da minha ida a Manchester! Fantástico!

 

Vamos agora ver como vai correr o reembolso das despesas. Pode ser que, para variar, seja tudo fácil.

 

Quero aqui deixar claro que o processo demorou um pouco mais do que o que podia ter demorado por incúria minha. Sim, minha! Neste país, quem anda à margem da normalidade, tem que andar muito bem informado. É melhor não contar com automatismos nem assumir que “eles sabem”.

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s