Estrelas 

Na sexta-feira o Lupi, vedeta que é, nem precisou de cartão de visitante para entrar na TVI. Passou, que nem um rei, por debaixo do torniquete, sem que ninguém lhe dissesse nada. Contrariamente ao Lupi, eu e a Sofia, teoricamente os convidados, tivemos, em meio a afagos ao Lupi, que nos esforçar para que tudo corresse como o previamente combinado – e aqui fica uma zona cinzenta que, talvez, um dia venha a preencher com outro post. 
Antes de entrarmos em direto a Fátima Lopes, que é uma simpatia e irradia humanidade, veio conhecer o Lupi e falar connosco, dizendo-nos o que ia acontecer, como ia ser e para estarmos calmos, tranquilizando-nos ao máximo – a minha vida é como nadar com tubarões e, portanto, um direto na televisão a falar sobre coisas que me são familiares não é, de todo, coisa que me aflija, mas foi bastante agradável sentir aquele apoio da Fátima Lopes. Ao subir para o platô, o cão mostrou toda a sua humildade quando se tentou recusar a subir para a plataforma transparente. Ele, com certeza, sabia que ia sorver toda a atenção. Bastou chamá-lo uma vez e ele lá foi, para se portar majestosamente, só levantando a cabeça e abanando o rabo de vez em quando, por, com certeza, condescendência para com a Fátima Lopes. No final, a Fátima Lopes veio falar connosco, e disse-se contente por ter tido convidados com doenças raras, em que algo era possível fazer, dizendo que Manchester era aqui ao lado. Eu disse-lhe que me lembrava de uma história que tinha ouvido num programa dela, há muito tempo, onde, nesse episódio, ela falava com camionistas e, ao puxar pela língua de um, que tinha a mulher na plateia disse: ͞Mulher, não ouças isto e continuou, já estava fora há muitos dias, e uma menina muito jeitosa de seios generosos foi bater à janela do camião. 

Como já estava fora mesmo há muitos dias disse-lhe para entrar. Quando as coisas começaram a aquecer ele reparou que a menina… e sem acabar a explicação, os colegas que estavam nos outros bancos começaram-se a rir, muito, ao que um diz: Era de chicote! – e riu-se ainda mais. Eu, pequenino, senti vergonha alheia ao ver aquilo e, especialmente, muita pena da família que estava na plateia. A Fátima, disse-me, talvez pela quarta vez naqueles bocadinhos em que íamos falando em off, que já tinha ouvido cada coisa…!. Nesse momento a Fátima teve que ir para o platô, uma vez que ia entrar em direto e, eu percebi que ela não se lembrava da história que tinha acabado de mencionar e, com isto, fiquei com a certeza que, de facto, ela já deve ter ouvido ͞cá com cada coisa…! À equipa do programa A Tarde é Sua e, especialmente, à Fátima Lopes, muito obrigado por nos terem recebido e permitido que falássemos de coisas tão importantes. 

Aqui é o espaço para a fotografia que a Fátima Lopes se esqueceu de tirar com o Lupi

Comente aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s