Itália #6 – 4.° dia Completo

No último dia de tratamentos, acordámos apreensivos, sem saber se ainda ia haver alguma coisa para comer ao pequeno-almoço. Descemos e fora uns bolos, um tipo de cereais e o leite de soja, sim, ainda havia qualquer coisa! Voltei a forrar-me com café e fomos para o quarto, desta vez, para tentar descansar.

Até à hora de almoço, entre e-mails e alguns telefonemas, não se descansou grande coisa. Fomos a uma pizzaria, a Le Chalet, perto do hotel, onde serviam diárias bastante baratas – pelo menos nas pizzas – comer umas pizzas que nos souberam muito bem, saborosas e bem confecionadas – o restaurante era de pessoas com um ar muito pouco italiano e bastante asiático.

Fomos para a última sessão de tratamentos que, invariavelmente, correu e soube-me muito bem. No final, houve uma longa conversa entre nós e os terapeutas, onde o Diego nos deu inúmeros conselhos, tanto terapêuticos como sobre Manchester, cidade onde viveu 30 anos.

Ao sair da clínica, fomos a um bar lá mesmo ao lado – que me culpo, recrimino e tudo e tudo e tudo, por não me recordar do nome –, por onde passámos todos os dias, várias vezes e cujo comentário da Sofia já tinha sido “temos que ir ali… acho que vais gostar”.

Que bar incrível! Era um daqueles sítios com frequentadores habituais. Grupos de amigos onde todos se conheciam, incluindo o empregado de balcão. Este, ao reparar em mim e na Sofia, atravessou-se à nossa frente, para tirar a mesa onde nos íamos sentar. Sim, tirou a mesa! Não foi para não a usarmos, foi para eu me poder sentar, facilmente, sem estorvos. Assim que me sentei, voltou a pôr a mesa no lugar, no lugar que me dava jeito, de acordo com a minha orientação! Pedi uma cerveja pequena – de 33CL –, uma vez que me estava a guardar para a do Il Tavolino. Juntamente com a cerveja, vieram: duas qualidades de salgadinhos, batatas fritas, duas mini sandes e duas tapas. Quase que ficámos jantados! Bebemos outra cerveja, a minha querida Sofia ofereceu um charuto – igual aos que oferecemos aos convidados no nosso casamento – a uma cliente que estava lá e, nitidamente, fazia daquele estabelecimento uma extensão de sua casa e partimos para o Il Tavolino, pela última vez.

Comi um dos melhores bifes tártaros da minha vida – gosto muito! Tinha um “corte” que lhe dava uma textura que nunca tinha sentido em mais lado nenhum, uma carne fabulosa com um tempero fantástico!

Nesse dia, o Nicolas, o empregado de mesa que nos atendeu por mais vezes, estava chateado. Tinham-lhe rebocado o carro e ia ter que pagar €200 para o reaver. Escrevi isto porque, o Nicolas disse uma coisa que nos deixou muito satisfeitos por estar naquele sítio, onde tudo parecia bem-feito, a comida era deliciosa e, já na altura se percebia o porquê, o serviço tinha um preço um pouco acima da média. O Nicolas disse que ia ter que trabalhar um dia para resolver o problema. Sim, ficou bem claro que o Nicolas conseguia receber €200 por dia. Um bem-haja ao Il Tavolino!

Pedimos para cumprimentar o chef e a ambos – ao chef. Gaspar e ao Nicolas – para nos assinar o cartão-de-visita do Il Tavolino.

verso do cartão autografado parte da frente do cartão

Bebemos Limoncello, agradecemos e despedimo-nos com um “See you!”, que refletiu a nossa vontade em voltar lá.

Fomos para o hotel passar a última noite desta estadia em Milão.

No dia seguinte, um sábado, foi com alívio que confirmámos as minhas suspeitas. Recarregaram as coisas boas do pequeno-almoço! Voltei a comer os pães, bolos, queijos, compota e expressos, tal qual como no primeiro dia. Fizemos check-out, apanhámos um táxi para fazer os 200m que nos separavam da estação central de Milão – as malas eram terrivelmente pesadas e fomos tentar ir para Veneza!

Anúncios

1 thought on “Itália #6 – 4.° dia Completo

Comente aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s